a lágrima e suas vésperas

Há de se comover – sem dúvidas – por uma lágrima que cai.
Mais cativantes – porém – são suas duas vésperas:

O brilho que o olho ganha na sua iminência e
A alma que se alaga suspensa antes da queda.

***

Quanto tempo dura o tempo antes daquele instante?
Quanta má poesia se faz para a ele nem sequer se fazer jus?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: