Jetztzeit

"tempo fora do tempo"?

o tempo como vetor da experiência.

“saudade do tempo em que os relógios de rua marcavam horários inexistentes. Ou seriam possíveis, mas convencionalmente ignorados?” (guilherme conte)

“nosso instante fora do tempo” (f. salem daie)

“o mundo da economia do consumo, o mundo do espaço-tempo da “monotonia imóvel”, o mundo em que o viver tornou-se uma representação caricata da própria forma-mercadoria” (Guy Debord por João Alberto da Costa Pinto)

Anúncios

Uma resposta to “Jetztzeit”

  1. Taísa Says:

    hahahahahahaha!
    O Gui é um gênio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: