Querida, quervolta

olaria em fuga
querida,
já não é mais quervolta.
já não me vê quervindo.

quantas vontades depositamos nos caminhos
e agora — que’reviravolta — parece que
nos sobram vontades, mas nos faltam caminhos

rumo vago.
mudo querer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: