O vento

Diriam sobre o vento os intelectuais:
“O vento está na sua semiose natural”
Ao que um leigo responderia:
“Ih, tá ventando forte. Vem chuva aí”.

E o que diria eu, hoje, sobre o vento?

Por mais que fale sozinho…
e o vento carregue para ti minhas palavras de flerte:

Se não for ao pé do ouvido…
você não ouve.

O vento venta.
É desses intransitivos.
Sempre simples e misteriosos.
Assim é o vento… a chuva…
Todo um batalhão de “sem-porquês”
Esses intransitivos quase sempre intransigentes

Nessa mania de viver por si, sem complementos.

Se o vento venta…
Se a chuva chove…
Nós?

Anúncios

2 Respostas to “O vento”

  1. Rodrigo Says:

    pra variar, Preciosa, os meus textos antigos que antes não tinham endereço ganham destinatário perfeito em você.

  2. Taísa Says:

    =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: