queda livre

Isabelle Adjani - Paris, abril de 1977Para onde é que você vai levar as minha meias?
De pés descalços vou tomar friagem
E já não vivo mais com a senhora minha mãe.

Para onde você vai levar meus olhos,
Siderados pela natureza bélica dos seus?
Despedaçado eu vivo, ornitorrinco que sou.

Para onde você vai levar os meus pensamentos?
Para algum altar nobre e sem graça,
Ou pro meio fio da sua ‘cardisplicência’?

Para onde você vai levar a minha vaidade,
Que já não se convence de si,
frente a sua perfeição de simplicidade?

Para onde você vai levar os meus vernáculos difíceis,
Se, para mim, sua linha reta já é labirinto bom de se morar?

Anúncios

Uma resposta to “queda livre”

  1. taísa Says:

    Acalento, cade?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: